Avançar para o conteúdo principal

Vinte e oito!

Os meus 28.
Comemorei em Março, dia 24.
No ano passado, planeei uma festança, que não realizei. Infelizmente. Perdi a minha avó paterna no dia seguinte. Diz-se que a vida é assim!
Este ano, decidi não fazer festa. Simplesmente porque não me apetece. Não me apetece tanta coisa!
O bebé V ensinou-me a aperfeiçoar características já minhas. E se não me apetece, não me apetece. Ponto final.
Adoro comemerar o meu aniversário. Não fiz a festança que ficou pendente, fiz a festa com os meus.
Bem cedinho acordei com os presentes e miminhos do marido.
Pela manhã fui ajeitar o cabelo (ajeitar esse que me valeu um palmo de cabelo cortado)!
Almoçámos por aqui, com o bebé, com os papás, a Tia e a avó!
Com direito a soprar as velas (a Tia fez um bolo, magnífico) !
Á chegada (em minha casa) tinha os 28 em balão e presentes por abrir! Adoroooooooooo :))
Durante a tarde uma sessão de compras com a mamã!
Á noite fui ramirar com o marido, os meus cunhados e um casal amigo.
Com direito a balões. Corações e bolo também. Obrigada :))
Que dia leve. Tranquilo. Em paz.
Fomos de fim-de-semana... parámos em Fátima! E em Leiria!
Gargalhadas.
Comida boa.
E excelente companhia.
Existe melhor?
No regresso, do fim-de-semana, o aniversário do meu avô Carlos (Faz a 26).
Jantar em familia.
E apaguei as velas novamente!
Ora para quem não queria festanças foram três bolos.
A festa, está em nós.
(No final da noite, o melhor foi mesmo dormir, estava exausta de tanto " laurear a pevide " ,
ás vezes tambem cansa!)

DB






































( Um pouco do fim-de-semana, não era viável publicar as 1938476563467438537 fotografias que tirei )


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Registos!

Fotografar-te é dos maiores prazeres que tenho.
Um vicio. 
Segurar-te em imagem para sempre.
Em qualquer momento.
E em qualquer momento regressarmos no tempo. 
Ter a recordação.
... ter a memória, ter o que o coração guarda.
Mas prezo tanto dar-te em fotografia recordações de ti.
Seguir uma linha desde o primeiro tempo numa continuidade sem fim.
São registos da tua história.
De ti!
De nós!


Aqui estamos nós, a registar os teus dois anos!
A registar o que na vida prevalece, o amor.
Numa sessão fotográfica tão nossa.
Com  a nossa querida Alexandra.


DB 









Making of - Sessão de natal dos Quatro

Adoro esta altura do ano.
O natal!
Como é tradição cá por casa, fizemos uma sessão de natal com os quatro!
A Alexandra, fotografa o Vicente, desde os primeiros dias de vida. Aliás, todos!
Ora primos em escadinha Diego e Simão com 3, Vicente com 2, Francisco com 1...
Wow!!!
Sessão no exterior, bem mais fácil de os alinhar (ou não!)
É daqueles momentos que um exército não chega.
Que nos desdobramos em pulinhos, em músicas, e em tudo o que os faça olhar para a objetiva!
Valeu-nos a neve! As sestas bem dormidas! E estarmos na rua!
Correu bemmmmmmmmm dentro daquilo que se espera dos quatro mosqueteiros.
Creio que nos vão contratar para futuras sessões fotográficas! Eheheh

DB

















Portugal dos pequeninos e afins!

Como é giro e interessante levar-te onde também eu já fui, brincar e visitar.
O nosso PORTUGAL DOS PEQUENINOS!
Fui  em miúda umas quantas vezes.
E tu, foste no fim-de-semana a seguir aos teus dois! Altura ideal (Prometo que voltaremos lá)!
Havia de haver um portugal dos pequeninos para gente crescida.
Entrar ali, somente para brincar.
Para rir.
Para sonhar!
Para estar em bem!
Entre o Bussaco e as grutas de mira de aire, beber água do luso diretamente da nascente.
O grupinho gosta disto.
De passear.
De estar.
De voltar a lugares onde já estivemos.
Family trip, nós, num roteiro de fim-de-semana, nesta que é a nossa "casa".
Portugal é, m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o !

Que te orgulhes sempre das tuas raízes, bebé V!

DB